Compartilhe:

As pessoas mais bem sucedidas que conhecemos são, além de boas no que fazem , capazes de imprimir  em tudo  sua assinatura ou marca pessoal.

Isto significa que além de conhecerem muito bem o seu negócio ou “core business”, são capazes de usar a criatividade a serviço de seus objetivos, o que traz como resultado a excelência na prestação de seus serviços e produtos e um trabalho com propósito.

Um dos vídeos mais interessantes que assisti chama-se a “Criatividade de Todos nós”, de Dewitt Jones, famoso fotografo de National Geographics, onde Jones, entre diversos conceitos interessantes , destaca a importância de imprimir sua marca pessoal em atividades do dia dia, desde brincar com seus filhos até entregar um relatório, participar de uma reunião ou desempenhar com maestria sua rotina de trabalho.

O segredo é imprimir a sua criatividade em cada uma dessas funções, isto significa compreender que  cada uma das coisas que entregamos ao outro, é parte de nós mesmos. Assim, como quero que meus colegas de trabalho recebam meu relatório? De que forma este relatório deve ser feito para que faça jus ao meu trabalho? Como o meu relacionamento com meus amigos será lembrado por eles? Qual legado devo deixar a meus filhos?

Ser criativo implica em conhecer nossos valores e construir aos poucos uma espécie de marca pessoal ou assinatura que ultrapasse os limites do lugar comum. Quando imprimo a minha assinatura em cada uma das funções que desempenho , estas atividades tornam-se mais do que simples rotina e passam a ser parte da minha história pessoal.

Colocando as coisas dentro desta perspectiva, podemos diminuir ainda as expectativas de reconhecimento que muitas vezes esperamos dos outros. Quando nos comprometemos com nós mesmos em entregar o nosso melhor , e assim o fazemos, a reciprocidade torna-se secundária.

Logo, o mais importante nessa busca, é compreender exatamente quais nossos valores mais importantes e entender que os mesmos são inegociáveis, independente das circunstâncias. Da mesma forma que um produto, que possui uma padronização de elementos tangíveis ou intangíveis e que sempre é o mesmo, faça sol ou chuva, a nossa integridade e valores deve ser inabalável e percebida independente de tudo.

Assim, finalizo com estas questões para provocar alguns insights: Quais seus valores? Porque eles são tão importantes? Qual o seu legado? Como gostaria de ser lembrado?

Respondendo essas questões é possível identificar sua forma de ser criativo. Como diz Dewwitt Jones: “Há mais de uma forma certa de fazer as coisas”.

Abraço,

Leticia

www.fiorireconsultoria.com.br

imagem: http://blog.floresonline.com.br/wp-content/uploads/2013/07/blog-5.jpg, acesso em 12 de nov, de 2016.


Compartilhe: