Compartilhe:

 

Todas as formas de se auto descobrir são o foco de meu interesse desde que escolhi me formar em Psicologia. Durante os anos da Universidade, percebi pouco a pouco que através das diferentes técnicas aprendidas, tais como testes psicológicos, aulas de interpessoal, psicoterapia e o próprio convívio diário com colegas , pacientes e professores foram um oportunidade de me conhecer cada dia mais e mais, e este processo continua pois a cada dia descubro algo novo sobre mim.

A meditação surgiu assim em minha vida. Após períodos de intensa ansiedade, comecei a ler sobre o assunto e pesquisar um pouco mais. Assim , meu interesse surgiu primeiramente como paciente a procura de um alívio para pensamentos e sensações de extrema angustia que vivi nesse período ansioso.

Dentre diversos tipos de meditação que li a respeito, entrei em contato com uma chamada  Mindfulness. A palavra se traduz como atenção total, plena. Em português, a melhor interpretação de sentido para este termo seria foco. A proposta é que voce se aproxime o máximo possível da experiência consciente que vivencia no momento presente.

Diferentemente de outras técnicas de meditação, que buscam esvaziar a mente, a proposta inicial é que voce acolha tudo o que fizer parte de sua experiência naquele momento.

O objetivo é que voce utilize a respiração como forma de ancora para se manter no presente. As suas  sensações corporais  como frio, calor, formigamento e outras, também servem de  âncoras  que o auxiliam a te manter no foco do presente.

O convite é que voce apenas observe os pensamentos surgirem sem se apegar a nenhum deles,  e simplesmente observe que eles surgem e depois se desfazem se voce decidir manter-se focado em sua respiração. Você pode realizar a meditação sentado, deitado desde que  a posição escolhida  propicie que voce se mantenha alerta e consciente.

Inicialmente o tempo da prática pode ser de 5 minutos, e voce pode aumentar gradativamente até que consiga manter uma pratica diria que seja adequada a seu ritmo de vida e desejo. O processo a primeira vista, parece muito complicado especialmente para pessoas que se dizem ansiosas e agitadas, mas o treino constante fará voce se sentir mais relaxado e mais consciente de seus processos.

Os ganhos em relação a qualidade de vida tem sido amplamente estudados nos últimos anos. Há diversos artigos que explicam os benefícios da meditação na diminuição de sintomas relacionados a ansiedade e a depressão.

Mas o objetivo deste post é salientar a importância que a meditação  Mindfulness adquire em mante-lo consciente, isto é atento a como voce se percebe durante vários momentos de seu dia facilitando o seu autoconhecimento.

É possível por exemplo praticar a atenção plena durante o banho, prestando atenção a cada movimento que realiza ao se esfregar com o sabonete e observar qual a sensação que a  água desperta ao tocar o seu corpo. O mesmo pode ser feito durante as refeições: preste atenção ao que costuma escolher para alimenta-lo. Pegue pequenas porções e passe um tempo observando a textura, cores e cheiros dos alimentos. Deguste devagar observando o sabor, a temperatura e novamente a textura após mastiga-los e depois engula.

O conceito pode ser ampliado para sua relação com as outras pessoas: procure olhar nos olhos de seu interlocutor, ouvi-lo atentamente e buscar compreender qual a mensagem que ele procura passar. Só assim responda e observe o que esta conversa desperta em voce: sentimentos, pensamentos, sensações. Procure diminuir a sua reatividade.

Estar próximo de voce a cada momento o fará se tornar íntimo de seus processos internos. Vale a pena realizar anotações diárias das situações vividas e experiênciadas em quanto pratica. Mantenha uma meta de prática diária, utilizando a atenção plena enquanto realiza suas atividades diárias, complementar a meditação diária.

Isto certamente fará voce ter alguns insights interessantes sobre como por exemplo voce lida com situações de estresse durante o dia, em que situações utiliza a alimentação como forma de “fuga” e quais são as pessoas que voce se sente bem de conversar ou de estar próximo.

Além disso, os estudos sugerem que a prática meditativa diária eleva os níveis de concentração , memória pois deixam a mente mais focada e relaxada, cada vez que a mesma se identifica cada vez menos com os pensamentos que a mente evoca e que sempre nos remetem ao passado (situações que já ocorreram), futuro (situações que ainda vão ocorrer ) e criações ( situações que fantasiamos a respeito do que pode ou não ocorrer).

Tenha sempre papel e caneta em sua mão para anotar suas experiências após a pratica meditativa e durante situações do dia dia em que voce manteve- se focado e atento. Certamente voce descobrirá fatos interessantes sobre si mesmo, além dos inúmeros benefícios da meditação.

Vale a pena! Um abraço

Leticia Rodrigues

Fontes: Williams Mark, Penman Danny: Atençao Plena: Mindfulness 2011

Curso Online ministrado pelo Professor Luis Gebara, nov, 2017 cursando.

 

 


Compartilhe: