Compartilhe:

Na jornada rumo ao autoconhecimento, nos deparamos com a noção de autoconceito. Você conhece esse termo? Já realizou sua avaliação para monitorar as dimensões do autoconceito?

Claramente o autoconceito passa pelas ideias  que você tem sobre voce, mas não apenas isso. O autoconceito engloba 4 dimensões muitos uteis para que você descubra mais ainda sobre seus pontos fortes, valores, e  ainda trace metas e objetivos.

As dimensões dos autoconceito são essas:

  1. Eu ideal: caraterísticas , competências e valores que gostaríamos de possuir, ou como gostaríamos de sermos vistos prelos outros
  2.  Eu percebido: como o individuo se percebe através de suas características, valores , aptidões . Pode ser dimensionado através de diferentes níveis de  intensidade .
  3.   Feedback: informações sobre o individuo que são percebidas pelo grupo  que seja relevante para o individuo. Os feedbacks são na minha opinião um  presente, pois podem reforçar pontos positivos que nem sempre são valorizados por nos mesmos.
  4.  Identidades Sociais: forma pela qual os indivíduos classificam a si e aos outros através de categorias sociais,como por exemplo: gênero, classe social, profissão, faixa etária.

Todas estas dimensões impactam diretamente na auto estima.  Auto estima,  é a  capacidade de estar  de acordo e agir em conformidade  com o  que se é, com aquilo que faz, com seu modo de ser, valores, percepções e atributos.

Quanto mais próximo seu autoconceito está de seu eu ideal, podemos considerar que a pessoa possui uma boa autoestima e vice versa…

O interessante de mapear estas quatro dimensões é que podemos facilmente traçar estrategias para alcançar objetivos alinhados com o eu ideal , aumentando ainda mais a autoestima. Há casos em que o mapeamento permite identificar a necessidade de desenvolvimento de novas competências, como no caso de mudanças de posição ou de identidade social, por exemplo.

Tanto o Coaching quanto a Psicoterapia são processos interessantes para elevar a autoestima, porém suas indicações são  muito especificas para cada individuo, que podem ser avaliadas por um profissional psicologo.

 

 


Compartilhe: