Compartilhe:

 

Foi se o tempo em que a preocupação com o bem- estar dos funcionários era considerado artigo de  perfumaria. Atualmente , com as mudanças ocasionadas pela rapidez do acesso as informações, tecnologia e o numero imenso de dados gerados diariamente, doenças como a ansiedade e depressão tornaram -se um ponto de atenção constante.

Mas essa não é a única razão para isso. Constatou-se que funcionários emocionalmente saudáveis, tendem a  executar suas atividades em alta performance e contribuem de forma sustentável para os resultados da empresa. E é aí que a psicologia Positiva ganha importância nesse cenário.

Psicologia Positiva, que teve  em  Martin Seligman seu principal expoente, pode ser compreendida como  um movimento dentro da Psicologia tradicional que busca compreender o ser humano do ponto de vista de suas forças,  seus valores, propósitos e objetivos, tendo como foco de seu estudo atividades e ações que proporcionam  bem estar e felicidade.

No ambiente corporativo, a  Psicologia  Positiva inspirou o POS ( Positive Organizational Scholarship ) focado em dinâmicas organizacionais que impactam positivamente a performance de executivos. e por conseguinte da empresa em geral e inspirou o POB  ( Positive Organization Behaviour )  cujo foco é medir, orientar e desenvolver comportamentos individuais com o objetivo de aumento de performance.

Em ambos os casos, os programas visam atuar no  de desenvolvimento de seus funcionários e na criação de um ambiente de trabalho  mais  positivo,  que impactam diretamente o sucesso da empresa, a geração de lucro e a superação de desafios e obstáculos, sempre com foco na melhoria coletiva.

Os estudiosos desenvolveram através de diversas pesquisas, um indicador conhecido como PSYCAP (Capital Psicológico Positivo), para avaliar esses índices. Sabe-se entretanto,   que os mesmos podem ser aperfeiçoados, mensurados , e possuem alto impacto na performance .

E voce ? Como está seu nível de PSYCAP? Avalie cada um deles   em uma escala de 0 a 10:

1). Auto- Eficácia: Crença do indivíduo em produzir resultados.

2). Esperança:  Ter a motivação necessária e as estratégias delimitadas  para atingir objetivos

3). Otimismo: Lidar com as adversidades sabendo que ´há possibilidade de mudar

4). Resiliência: superação de dificuldades,mantendo o propósito e  a  sua essência

O desenvolvimento das capacidades psicológicas, diminuem riscos de burnout, abandono de trabalho, depressão e ansiedade além de se tornarem uma vantagem competitiva para a empresa a medida que aumentam o engajamento  dos colaboradores. O engajamento também é maior em colaboradores que se sentem amparados especialmente quando as demandas profissionais aumentam consideravelmente e o comprometimento dos colaboradores se torna mais necessário.

 

Dessa forma, seja voce líder, empreendedor ou colaborador, cuidar do bem estar de sua equipe e de seu índice de PSYCAP é fundamental para uma vida plena e satisfatória.

Todas essas competências podem ser desenvolvidas em processos de autoconhecimento como o Coaching ou a Terapia breve. Informe-se mais sobre o assunto, no site da FIORIRE  CONSULTORIA

Um abraço,

Leticia Rodrigues

 

 

 

 

 

 


Compartilhe: