INOVAÇÃO E EMPATIA

INOVAÇÃO E EMPATIA

Atualmente, as empresas falam da necessidade de inovação constante,  especialmente com os avanços tecnológicos recentes  e com a necessidade de respostas cada vez mais rápidas na ânsia de atender as demandas   da sociedade atual.

Mas , o que de fato se entende por inovação? A palavra passou a designar a melhora da experiencia do usuário, através do improvement de soluções cada vez mais assertivas, com o objetivo de trazer soluções, de forma mais rápidas e  sustentáveis.

Ora, isso também pode ser definido por empatia, certo? Assim como inovação, a palavra empatia hoje também tem sido utilizada em larga escala. Mas será que sabemos exatamente o significado de empatia?

Voce leitor, talvez diga que a empatia é fazer para o outro aquilo que gostaríamos que fizessem por nós. Mas será que essa definição de empatia é 100% adequada?

Para entender melhor esse conceito, que tal pensarmos assim:  Que  riscos corremos, quando fazemos para os outros exatamente  aquilo que gostaríamos que fizessem para nós? A resposta está no fato de que ao colocarmos o  nosso repertório pessoal para o  outro, podemos errar na nossa avaliação sobre o que essa pessoa de fato gostaria de receber. É o caso quando aconselhamos alguém a fazer algo, que faríamos se estivéssemos em seu lugar, mas o fato é, nós não estamos e dessa forma, podemos falhar miseravelmente ao sugerir algo para alguém a partir da nossa perspectiva.

A resposta mais adequada a pergunta o que é empatia seria: A capacidade de compreender a perspectiva do outro e assim fornecer a solução para sua necessidade.

Ora! isso também pode ser traduzido como inovação. A inovação tem em seu significado o conceito de novo, de novidade, o que nos remete a ideia de inovação tecnológica, porém o conceito de inovação deve ser encarado dentro da perspectiva de quem importa: o outro.

Nesse ponto, os conceitos de inovação e empatia, estão cada vez mais alinhados em ofertar soluções que sejam relevantes para  o nosso cliente ou público alvo.

Na minha profissão, a inovação foi fundamental para a continuidade do negócio, mesmo com o isolamento social necessário devido a pandemia do corona vírus: os atendimentos presenciais passaram a ser exclusivamente online.

Como sanar a necessidade de atuar junto com o cliente em sessões de Coaching , onde a interação é extremamente necessária? Minha solução foi procurar uma plataforma onde o compartilhamento de tela fosse um recurso presente e ferramentas interativas onde eu e o  cliente pudêssemos  fazer nossas  contribuições em tempo real. Essas pequenas inovações, tronam a sessão mais completa e ofertam uma solução que substitui de forma adequada a falta da interação real.

A ideia é que a inovação pode existir através  de soluções simples ou sofisticadas, dependendo do nível de necessidade que seu público demanda.

Minha provocação aqui é que você passe a considerar a inovação e a empatia,  como uma possibilidade em seu negócio e em sua vida. A inovação não necessariamente tem a ver com mudanças caras , ou com soluções  mirabolantes que só podem ser colocadas em prática por empresas que dominam o mercado tecnológico ou que possuem muitos recursos para esse fim.

Ao contrário, ofertar serviços de qualidade, atender em horários alterativos, enviar materiais adicionais, por exemplo,  são soluções simples que focam na empatia e no relacionamento com o cliente.

E a inovação em casa, voce já pensou? Que tal criar mais momentos a dois, como o momento cozinha em casa, momento fazendo arte com os filhos ou descobrindo um novo hobbie que aumente seu bem estar?

O céu é o limite para sua criatividade e inovação !

Espero que esse post te inspire a realizar pequenas inovações diárias, seja em seu trabalho ou sem sua vida pessoal, sempre com o objetivo de trazer a empatia como foco. Os resultados serão surpreendentes tanto para você, quanto para as pessoas a sua volta.

Aguardo seu comentar aqui para contar sobre suas inovações diárias! Um beijo grande!

Letícia Rodrigues

 

TODO HERÓI TEM SUA KRYPTONITA: AUTO-SABOTAGEM

TODO HERÓI TEM SUA KRYPTONITA: AUTO-SABOTAGEM

Enfim , nem tudo são flores na nossa jornada de autodesenvolvimento.

Também lidamos com pensamentos disfuncionais, crenças limitantes e sabotadores.

Entretanto, mesmo eles sendo capazes de nos enfraquecer e nos impedir de alcançar todo o nosso poder e potencial , saibam que a função inicial desses limitadores , foi a nossa preservação enquanto seres sociais.

Isso mesmo ! ?

Durante nosso desenvolvimento aprendemos uma série de comportamentos sociais que selecionamos de acordo com o ambiente em que crescemos e nossa personalidade.

Mas como lidar com eles? ?

Mais uma vez o autoconhecimento te ajudará a mapear essas crenças limitantes e sabotadores e te permitirá utiliza -los ao seu favor.

Shizad Chaminé, em seu livro Inteligencia Positiva, fez uma analise muito interessante sobre 10 sabotadores principais que ele encontrou em pessoas nas quais teve a oportunidade de treinar ao longo de sua vida. Outro ponto interessante que o livro aborda é que cada sabotador é também um sábio e pode revelar potenciais importantes e criativos de nossa personalidade.

Carl G. Jung também já dizia que aspectos de nossa personalidade que muitas vezes nos desafiam, quando trazidos a consciência podem indicar um potencial enorme de realização.

Mas como isso ocorre efetivamente? ?

Tome como exemplo alguém que é muito crítico, tanto consigo quanto com os outros. Com certeza você conhece alguém assim, talvez seja você mesmo. Agora , note o seguinte: se você é muito crítico consigo, certamente também se preocupa e se esforça muito para realizar as atividades de modo correto, faz sentido?

Lidar com essa limitação ou torna- lá um ponto forte, depende unicamente de modulação. Voce poderá usa-lo ao seu favor quando : realizar um bom planejamento para determinada atividade, prestar atenção quando estiver executando suas tarefas para evitar erros.

Mas o excesso de crítica se torna nocivo quando você não consegue atuar na prática com formas efetivas de lidar com essas críticas: fica ruminando erros, evita situações desafiadoras por não se achar bom o bastante e perde oportunidades.

A autoconsciência te permitirá desenvolver um radar apropriado para questionar seus pensamentos limitantes e tornar ações efetivas para neutraliza-los.

Com a prática , você será capaz de reconhecer esses gatilhos e conseguir manejá-los de forma mais efetiva. Parece incrível?

Sim , é!

Você pode assumir controle da sua vida e atingir todo seu potencial…

Pense nisso!

?

Conte comigo nesse processo.

Aqui vai uma dica: https://www.companhiadasletras.com.br/testeinteligenciapositiva/

Nesse link, você poderá conhecer os principais sabotadores e passar a gerencia-los melhor.

Eu estou aqui para te ajudar nessa caminhada, certo?

Um abraço

Letícia Rodrigues

Como Gerenciar seu Tempo?

Como Gerenciar seu Tempo?

Você também sente que não tem tempo para nada? Acredite, você não esta sozinho. É só fazer uma busca rápida na internet para compreender que esse é o nosso recurso mais escasso.

Mas como isso é possível? Será que o tempo mudou?

Na verdade o tempo continua igual, o que mudou foi a nossa percepção sobre a passagem do tempo.

Uma das explicações para esse fenômeno está no acesso à informação. A quantidade de informação produzida atualmente é absurda, e a mesma é disponibilizada tão rapidamente, que fica impossível acompanhar tudo.

A tecnologia também tornou as nossas ações mais rápidas, mas nem sempre de maior qualidade. Os contatos pessoais tendem a ser igualmente voláteis, o que nos dá a sensação de uma incompletude e até mesmo de uma falta.

O resultado é que tentamos ao máximo sobreviver a esses estímulos, e buscamos dar conta de muitas tarefas por vez, o que nem sempre faz com que estejamos 100% presentes na realização de tantas atividades.

Assim , o gerenciamento de tempo se torna necessário para que a gente consiga de modo ativo, utilizar esse recurso para atingir nossos objetivos.

MAPEAR PARA

CONQUISTAR:

Para entendermos exatamente  para onde vão nossas preciosas 24 horas, eu recomendo que você faça o seguinte: pense em um dia típico na sua vida e descreva sua rotina!   Por exemplo , que horas você acorda? Quanto tempo utiliza para tomar café? Ou ainda: Quanto tempo gasta até o escritório (ou inicia seu home office)? .

  • Seja minucioso: Ao descrever sua  rotina de trabalho especifique: tempo gasto para ler e-mails, tempo de pausas , ligações para clientes e fornecedores, reuniões e outras rotinas!
  • Coloque os horários de início e fim de TODAS as atividades, inclusive horário de refeições  e tempo gasto na internet ou em atividades de lazer. Não deixe nada de fora!

DEFININDO

OBJETIVOS:

  • O segundo passo desse sistema é compreender que sem sua lista master de objetivos essa técnica não funcionará. Aqui você fará uma lista de objetivos PESSOAIS, PROFISSIONAIS, FINANCEIROS..
  • Nessa parte você pode colocar TUDO o que imagina ou gostaria de realizar: Cargos a serem atingidos, viagens,  mais contato com pessoas próximas,  mais tempo com filhos, atingir um objetivo financeiro e etc.
  • Lembre-se que é a partir dessa tomada de consciência, que você compreenderá que seu tempo é  preciso e é através dele que você poderá  tangibilizar o que deseja para sua vida.

CLASSIFICANDO 

ATIVIDADES:

 

De posse de sua lista de OBJETIVOS e de sua ROTINA diária, você deve classificar suas atividades diárias  da seguinte maneira:

A: Todas as atividades primordiais para a sua  realização de objetivos: Um exemplo disso é seu  trabalho. O trabalho é a forma de viabilizar viagens, sonhos e até uma promoção. Logo, todas as atividades relacionadas a ele são classificadas como A, a princípio.

Dentro dessa perspectivava,  eu posso ainda pensar em quais atividades dentro do meu trabalho contribuem significativamente para meu objetivo: assim, estar em contato com determinada pessoa , pode ser estratégico e contribuir para minha promoção,se esse for o caso . Ou ainda: Fazer determinado curso, irá me colocar mais próximo do cargo que almejo e etc.

Um outro exemplo: Passar mais tempo com os filhos, pode contribuir ativamente para fortalecer os laço com eles. Logo, é vital  encontrar uma espaço na rotina para essa atividade.

Um raciocínio similar vale para atividade física, por exemplo. Fazer uma atividade física contribui para nosso bem- estar, regula a saúde física e emocional e  possibilita que eu me mantenha saudável. Isso coloca a atividade física como uma atividade prioritária.

B e C: São atividades que seriam importantes de serem feitas, mas que  contribuem menos ou pouco contribuem respectivamente,  para seus objetivos e que podem ser limitadas ou ainda,  podemos delega-lás. veja na sua rotina diária, o que você poderia determinar que outra pessoa fizesse para você , sem prejuízo para ambos.

D: Drenos: São atividades que pouco contribuem  com seus objetivos, mas que causam certo prazer. É importante que você limite diariamente a duração dessas atividades em 15 ou 20 minutos por dia, por exemplo.

E: Eliminar: São atividades que nada contribuem para seu desenvolvimento pessoas e profissional e que devem ser  eliminadas, como fofocas, hábitos improdutivos e o que mais voce considerar como inapropriado.

AUTOCONSCIÊNCIA É PODER:

De posse dessas informações, você poderá fazer os ajustes necessários na sua rotina, incluindo e eliminando atividades. Tenha em mente que você deve ser ativo em relação ao seu gerenciamento de tempo, se responsabilizando por ele diariamente.

Quando escolher realizar uma atividade, esteja 100% presente. Isso evitará que você tenha que refaze-lá e contribuirá com sua produtividade.

Tarefas desafiadoras ou menos interessantes , podem ter sua duração limitada. Visitar uma pessoa que você não gosta , mas mesmo assim precisa manter relação,por exemplo,  pode ser um pouco mais fácil a partir dessa perspectiva.

Isso evitará que você procrastine coisas importantes e facilitará  o cumprimento de atividades que você julga menos favoráveis.

O cronograma também o auxiliará a fazer escolhas assertivas: quando sabemos exatamente sobre nosso planejamento diário, temos a sensação de que estamos trabalhando do ativamente na construção de nosso sonhos e não de sermos  somos apenas levados pelo dia a dia de modo inconsciente.

Tenho certeza que essas dicas práticas farão a diferença em sua vida ! Caso queira uma ajuda personalizada , podemos marcar sua sessão !

Deixe seu cometário sobre o que achou do assunto e se já pratica o gerenciamento do tempo.

Até breve!

Um abraço

Letícia Rodrigues

 

Bem Estar: 5 Vilões e Soluções

Bem Estar: 5 Vilões e Soluções

Queridos!

Você sabia que o CONCEITO DE SAÚDE, é um completo estado de #bemestar #físico#emocional e #mental??‍♀️?‍♂️ Segue os 5 vilões da nossa saúde e seu impacto no nosso estado de plenitude e bem estar:

1. Tabagismo: Que cigarro é nocivo e está fora de moda todos nós sabemos, porém, 9,8 % da população adulta no Brasil , é fumante . ?? ?Pondere se ainda vale a pena manter esse vício , que certamente causa inúmeros malefícios. ?Caso não consiga parar, considere diminuir o número de cigarros por dia e crie o hábito de fumar com a máxima concentração. Isso fará com que você se torne mais consciente enquanto fuma, o que pode diminuir a frequência.

2. Sedentarismo: Segundo a OMS, pessoas sedentárias são considerados potencialmente doentes.

Brasil: Estamos em 5 °lugar entre os países mais sedentários. ?

Nosso corpo foi feito para o movimento. Lembre-se do slogan da Nike: “Se você tem um corpo, você é um atleta.” ?‍♂️

?Procure uma atividade prazerosa.

?Pequenas mudanças devem ser mantidas diariamente para se tornarem hábitos.

3. Alimentação: O consumo elevado de carboidratos e açúcar, causa aumento da obesidade, diminuição da produtividade e risco de doenças crônicas.? ?Procure incluir frutas, verduras é legumes em sua alimentação. Comece incluindo pequenas porções.

?Reduza suas porções. Mais do que eliminar alimentos , procure apenas reduzir e perceba as mudanças.

?Coma devagar e com consciência.

?Mantenha-se hidratado. Isso reduz a fome.

4. Sono: Dormimos mal. É durante o sono que regulamos nossas taxas de hormônios e recarregamos a bateria.

Pessoas que dormem pouco ( até 5 horas /noite), tendem a produzir 25 % menos e consumir 300 calorias a mais …? ?A cafeína permanece até 6 horas no organismo.Use -a conscientemente.

?Afaste se das telas pelo menos 1 hora e 30 min.

? Mantenha sua Rotina de Sono, com horarios fixos para deita-se e acordar.

5. Pouca inteligência emocional: Pessoas que administram mal suas emoções, tendem a serem mais estressadas e coléricas. O impacto disso é o aumento de doenças como hipertensão e câncer, além da prevalência de distúrbios como #ansiedade e #depressão.

❤?

?Invista em #AUTOCONHECIMENTO

?Gerencie suas #EMOÇÕES

?Pratique a #inteligênciaEMOCIONAL

Conheça o Programa de Gerenciamento de Emoções,em 5 sessões . Envie sua mensagem !

Um abraço,

Letícia Rodrigues

Como transformar seus sonhos em realidade?

Como transformar seus sonhos em realidade?

Olá queridos! Esse post é em homenagem ao meu amigo Mario Tadeu, que me pediu esse tema, durante a ação que propus na pandemia, de criar um espaço de troca e conversa chamado de quarentena mental.

O Mario me mandou uma pergunta muito pertinente sobre como atingir objetivos e a resposta a essa primeira pergunta é: Você realmente sabe o que quer? Sim, isso é muito relevante, pois uma boa formulação de objetivos passa pela consciência exata daquilo que queremos.

Entender claramente o que queremos, nos permite ampliar a consciência sobre nossos desejos mas também de tudo o que está envolvido em cada decisão tomada. Precisamos nos conscientizar do custo emocional, financeiro e de tempo , por exemplo que atingir determinado objetivo irá custar e isso é denominado de análise sistêmica.

No Processo de Coaching, por exemplo, nós costumamos discutir com o cliente todos os fatores envolvidos em uma decisão. Dessa forma, podemos discutir sabotadores  e ganhos secundários inconscientes.

Mas para ajudá-lo nessa formulação de objetivos, você pode responder as seguintes perguntas a partir da sigla a partir da metodologia SMART:

S:  ESPECIFICO ( Specific): Quanto mais especifico for seu objetivo, mais consciente dos passos para atingi-lo você será. Quer perder peso? Quantos quilos?

Que ganhar uma promoção? Qual cargo almeja?

M: MENSURÁVEL: A meta precisa ser medida. Isto te auxiliará a perceber como anda seu passo a passo para atingir determinados objetivos. Assim,  você mesmo avaliará o seu progresso e poderá corrigir sua rota, se necessário.

A: ATINGÍVEL: Quanto mais longe da realidade uma meta for, mais chance dela não acontecer. Colocar metas irreais aumenta a autossabotagem. Coloque uma meta possível, mas que te desafie ou te tire da zona de conforto. O gosto pelo desafio será motivador.

R: RELEVANTE: Sua meta tem que fazer sentido para você. Do contrário, você não conseguirá levar a cabo todos os desafios que aparecerão no caminho, pois pode simplesmente ter  escolhido certo objetivo  para agradar outra pessoa e aí simplesmente não acontece.

Novamente , é importante você compreender exatamente como e porque esta escolhendo esse objetivo.

T: TEMPORAL: Todo objetivo deve acontecer dentro de um prazo, do contrário, se torna um projeto de ano novo, daqueles que nunca acontecem, e apenas se renovam a cada passagem de ano.

Tanto os projetos quanto as metas, isto é, os pequenos passos para se tornar mais próximo de seu objetivo, devem ser temporais.

Agora, coloque em prática a metodologia e veja como suas metas se tornarão tangíveis. E você mesmo poderá se monitorar de forma a avaliar seus progressos e fazer ajustes.

Conte comigo nessa jornada para potencializar ainda mais seus resultados e ajuda-lo a identificar sabotadores e gaps que impedem a realização de seus sonhos.

Um abraço,

Letícia Rodrigues

O futuro do trabalho pós pandemia

O futuro do trabalho pós pandemia

 Como será o futuro do trabalho no mundo pós pandemia?

A pandemia pelo novo corona vírus trouxe mudanças inimagináveis para o mundo atual. A falta de previsibilidade desta pandemia e a nossa completa dificuldade em lidar com a mesma, mostram que por mais que tenhamos evoluído muito em termos de tecnologia, necessitamos aprimorar com urgência nossa empatia.

Esse parece ser o recado que o novo vírus nos trouxe: não basta  cuidarmos apenas  de nossa família, é necessário cuidarmos de todos. A máscara não protege somente os meus, mas evita que eu contamine também aos outros e  vice versa.

O fato é que  limite entre o público e privado ficou mais estreito: as reuniões ocorrem na sala, com as crianças brincando. estamos mais próximos e expostos. O limite entre vida privada e pública, parece ter se confundido.

O resultado é um mix de emoções a flor da pele que levam tempo para serem sentidas, reconhecidas e reorganizadas. Assim, precisamos de muita paciência para nos adaptarmos . E preciso ser flexível consigo e com os outros.

Mas e o futuro? Como será?

A resposta para essa pergunta é: não sabemos tudo. Mas sabemos certamente que o mundo já mudou. e dificilmente voltará ao que era antes. As empresas perceberam que  agora podem tocar operações com funcionários dentro de suas casas. Os funcionários, perceberam que são produtivos mesmo não estando fisicamente nas empresas. O digital passa a ser a praça dominante. Quem está fora do digital, está ameaçado.

Muitas empresas irão quebrar . Outras encontrarão caminhos alternativos para operar. Muitos perderão seus empregos. Outros por sua vez, encontrão caminhos alternativos para continuarem existindo nessa nova realidade.

O   impacto na economia ser á imenso e  a recuperação , certamente não será rápida. Assim, os recursos se tornarão mais escassos e como ocorre em toda a escassez as pessoas destinarão ser recursos somente para o necessário.

E o que é o necessário? O necessário é diferente para cada um de nós .

Mas necessário é aquele que eu reconheço como sendo primordial e importante em minha vida ou importante para o bem estar daqueles que amo. Daí o necessário pode ser muito abrangente: fazer exercícios, é necessário? Ir ao cabeleireiro é necessário? E ir ao medico?  Ir a um restaurante é necessário? Para cada um de nós, dentro de nossa realidade, as respostas para essas perguntas são muito diferentes.

As empresas e os negócios que sobreviverão serão aqueles que se fizerem necessários. E em um mundo tão competitivo como esse, o grande diferencial será daqueles que são adaptáveis, empáticos e cooperativo cooperativos. Esses serão os necessários.

E aqui fica a minha reflexão para você:

Você tem se tornado importante para as pessoas a sua volta? Você coopera com sua família? Você  contribui positivamente com seu time, com seus liderados, com seus clientes e colegas ou só aparece quando precisa deles?

Você estimula, engaja, elogia , coopera ? Você presta atenção no que é importante para as pessoas que estão a sua volta ou está mais atento somente ao que é importante para você?

Mais do que nunca, essa mudança forçada, deixou claro que que as pessoas que contribuem de modo positivo com o todo, tendem a colher mais benefícios no futuro.

Se você tive jogo de cintura suficiente para se adaptar as mudanças e se fazer necessário em um cenário de escassez, você terá seu espaço garantido.

O futuro chegou! E com ele o recado que parece  ser muito claro: Coloque seus talentos a disposição dos outros . Conte comigo nessa jornada para entender seu propósito, seus talentos e formas de se diferenciar.

Um grande abraço

Letícia Rodrigues